Acne

É uma doença que ocorre  devido a um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilossebáceos. Muito frequente na fase da adolescência, mas também pode acometer adultos, principalmente mulheres. Causa muito desconforto ao paciente, além do aspecto inestético que proporciona.
Alguns pacientes desenvolvem formas mais graves de acne, que podem deixar lesões cicatriciais, como manchas e alterações da superfície da pele, principalmente cicatrizes deprimidas. 
Principais regras para quem tem acne são:
● Não espremer, nem manipular as lesões, pois é isso que causa cicatrizes;
● Usar sabonetes que retirem os resíduos das maquiagens e as impurezas do dia a, mas sem excesso, pois limpeza em exacerbada causa rebote na oleosidade;
●Fazer limpeza de pele regularmente. 
O tratamento da acne varia de acordo com a gravidade do caso, o estágio da acne e o tipo de pele, e o quanto antes começar a tratar, menores as chances delas agravarem e deixar cicatrizes. Subdividem-se em:

Tratamento domiciliar: inclui o uso de sabonetes específicos 2 vezes ao dia, uso de ácidos, loções secativas e fotoproteção. A medicação oral dependerá do grau da acne e da conduta do dermatologista.

Tratamento no consultório:
• Peelings químicos – podem ser superficiais, médios e profundos, vai depender da indicação do paciente. O peeling auxilia no tratamento das
lesões de acne, além de melhorar a textura da pele, deixando-a mais uniforme e iluminada.
• Peelings superficiais para melhora das lesões ativas e os peelings médios e profundos para tratamento das cicatrizes;
• Microagulhamento para tratar o aspecto geral da pele com cicatrizes;
• Preenchimentos com ácido hialurônico das cicatrizes distensíveis;
• Subincisão – com auxílio de uma agulha conseguimos liberar a pele da fibrose cicatricial que a puxa para baixo, elevando a depressão que uma
lesão de acne mais agressiva ou catapora deixou na pele;
• Excisão e sutura simples: é realizada para remover cicatrizes disformes, com bordas irregulares. Realizamos a retirada da cicatriz com bisturi. A
cicatriz fica mais uniforme, com resultado estético melhor.
• Elevação da cicatriz com punch – fazemos um punch (instrumento que retira a pele em bloco) na cicatriz deprimida, que resultará na elevação do
bloco de pele, igualado-o a pele normal – o paciente vai para casa com curativo. A pele que fizemos o punch pode ficar mais elevada, mas tem
como tratar depois.


Somente o dermatologista saberá o tratamento ideal para o seu caso.